Como ranquear melhor seu site no Google?

Barra de pesquisa e logotipo do Google na tela do Iphone. De como ranquear melhor seu site no Google.

Para garantir que o conteúdo do seu site fique entre as primeiras posições do buscador mais utilizado no mundo, popularmente conhecido como ranqueamento(ranquear), é necessário que se entenda como funciona o algoritmo do Google. Com isso, melhorar a taxa de cliques para o seu site.

A principal dúvida de todos que utilizam o buscador é como o algoritmo do Google funciona, principalmente para aqueles que desejam subir posições e emplacar mais views, seguidores e vendas.

Já se sabe que a garantia do sucesso de uma empresa nos dias de hoje é ter um bom ranqueamento. Ou seja, aparecer nas três primeiras páginas do buscador.

Mesmo o Google guardando o segredo a sete chaves, diversos profissionais tentam desvendar como ele funciona e como garantir as primeiras posições do ranking.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue lendo este post.

Como funciona o algoritmo do Google

Quando a internet surgiu, ela era composta por diversos sites espalhados na rede. No entanto, sem qualquer forma de organização, síntese, tornando difícil e devagar o processo de buscar a informação necessária.

Todavia, diante da popularização da internet, e em consequência do início de um processo de maior busca de informações e formas de entretenimento pelos usuários de um lado. Com tudo, foi necessário a criação de ferramentas para encontrar a informação diante da existência de centenas de páginas “perdidas”.

Barra de pesquisa e logotipo do Google na tela do Iphone. De como ranquear melhor seu site no Google.

Essas ferramentas têm como principal finalidade a facilitação da indexação dos sites da internet. Sendo assim, através de mecanismos de busca com algoritmos especializados o que permite o acesso de qualquer informação ou página, de acordo com o interesse do usuário.

No início, os algoritmos eram baseados em fórmulas simples.

Tal fato levava a muitos casos de burlar as regras para garantir melhores posicionamentos no buscador, o que é conhecido como black hat e, até hoje, é combatido pelo Google.

Assim, para melhorar e garantir uma maior qualidade na experiência do usuário, houve um aprimoramento dos algoritmos.

Para que ele serve?

O objetivo do algoritmo do Google é encontrar, entender e organizar o conteúdo da internet. A fim de que o usuário encontre o melhor resultado para aquilo que ele está buscando.

Cumpre destacar que o melhor resultado não significa necessariamente que ali está a melhor resposta. Mas sim, que aquele site é o que apresenta a informação sem dificuldades e com uma boa navegação.

Quais são os passos para o posicionamento?

A fim de que o algoritmo posicione as páginas na SERP, ele passa por 3 passos:

Rastreamento (Crawling)

No processo de rastreamento, os robôs do Google (Googlebot) realizam automaticamente as buscas por novas URLs, a fim de que elas sejam indexadas ao seu banco de dados.

Com isso, o primeiro objetivo daquele que deseja ter um bom ranquear do seu site deve ser encontrado por estes googlebot. Para tanto, é necessário que seja adotada uma estratégia de SEO.

Saiba que quanto mais limpo, simples e com códigos HTML seu site for, mais fácil ele será encontrado pelo Googlebot.

Aliás, cumpre destacar que ele não consegue ler conteúdos muitos complexos, como o flash, e, portanto, devem ser evitados.

Indexação (Indexing)

Outro processo que acontece automaticamente é o processo de indexação. Que nada mais é do que a organização dos conteúdos segundo os critérios do Google. Ou seja, de como esta informação será útil aos usuários.

Neste passo, os robôs fazem uma análise das páginas como se todo o seu conteúdo fosse em forma de texto.

Por conta disso, outra dica importante para aqueles que querem ter um bom ranqueamento é a utilização de palavras-chaves, a fim de que ocorra a indexação correta pelo Google.

Com isso, quando o usuário for realizar uma pesquisa de acordo com suas palavras, ele será redirecionado para o seu site.

Ranquear no Google

O último passo é o ranqueamento.

Quando o usuário realiza uma pesquisa no Google, o algoritmo realiza uma busca em todo o seu banco de dados e mostra para o usuário todas as páginas que entendem que respondem de forma satisfatória a sua dúvida.

Quanto mais no topo da lista, mais relevante é o conteúdo, de acordo com o algoritmo do Google.

O algoritmo pode levar em conta para determinar um bom ranqueamento a usabilidade, a velocidade do site, taxa de cliques na SERP, tempo de permanência na página, design responsivo.

Ademais, o objetivo da utilização das técnicas de SEO é que o conteúdo chegue nas primeiras posições. Com isso, o usuário consuma o produto ou serviço oferecido.

Principais atualizações do algoritmo do Google

Ao longo de toda a história de existência do Google, já ocorreram inúmeras atualizações e modificações no seu algoritmo.

Entre as principais podemos citar:

– Panda (2011): Foi a primeira grande atualização que impactou a forma em que os usuários são recebidos. Também iniciou o processo de punição de páginas com tentativas de burla ao sistema (conteúdo copiado ou duplicado, fazendas de links etc.)

– Penguin (2012): Teve como objetivo principalmente em punir sites que não seguiam suas diretrizes e forneciam conteúdos de baixa qualidade.

– Hummingbird (2013): O objetivo desta atualização foi desenvolver uma melhora na qualidade dos resultados encontrados. Sobretudo, mais do que o intuito de aplicar penalidades.

– Pegeon (2014): Foi através dessa atualização que o algoritmo passou a utilizar a localização do usuário.

Como melhorar meu site para ranquear no Google

Uma das formas mais eficazes de melhorar seu site para ranquear no Google é através da utilização de técnicas de SEO.

Entre elas podemos citar:

Palavra-chave e pesquisa de otimização

A primeira forma de aumentar o seu ranqueamento é através da pesquisa de quais palavras-chave são mais adequadas. Certamente, existe no mercado, ferramentas para SEO gratuitas ou pagas para isso.

Atualmente, é importante que estas palavras-chave sejam escolhidas com base na alta taxa de cliques na SERP. Ou seja, não pelo volume de busca, uma vez que o Google tem apresentado respostas prontas ao usuário dificultando o tráfego orgânico.

Otimize o título

Uma vez escolhida a palavra-chave, ela deve aparecer no título do seu conteúdo.

Além disso, a fim de aumentar o posicionamento, é importante que o título tenha entre 50 a 68 caracteres e que seja utilizado o tag title.

Lembre-se o título deve corresponder a algum conteúdo que o usuário buscaria.

Link Building

Outra forma de demonstrar a sua relevância na web e nos sites de busca, é conseguir links para o seu conteúdo

Os links podem ser:

– Internos: Aqueles que direcionam a links de outra página dentro do mesmo site. É importante que essa linkagem seja feita de forma que a leitura permaneça fluida e que tenha relevância com o assunto que está sendo tratado.

– Externo: são aqueles links de outros sites e servem para realizar a troca de informações e conteúdos entre sites do mesmo nicho.

Desenvolva autoridade no assunto

Outro ponto fundamental para ranquear é que você deve demonstrar para o Google que é especialista naquele assunto.

Dessa forma, quanto mais informações de qualidade houver em sua página, mais bem ranqueado você será, pois, o Google entende que suas informações são de qualidade e de confiança e que entregarão aquilo que o usuário procura.

Quer otimizar seu conteúdo para o SEO e a taxa de cliques para seu site? Entre em contato conosco e comece hoje mesmo a melhorar o seu ranqueamento. Saiba mais sobre os motivos de contratar uma consultoria SEO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *