Como organizar seu gerenciador de anúncio do Facebook?

Como organizar seu gerenciador de anúncio do Facebook

Seja você um novato ou alguém que já possui alguma experiência com anúncios pagos nas redes sociais, a realidade é que, à primeira vista. Quando falamos de gerenciador de anúncio do Facebook, o Facebook Ad Manager pode parecer complicado e até mesmo intimidante.

Afinal, são tantas as informações e tantos os anúncios criados por esta plataforma, que deixar tudo equilibrado pode ser um verdadeiro desafio – tão grande quanto fazer suas campanhas darem certo.

Por esta razão, pensando em ajudá-lo a explorar este gerenciador de forma adequada, aqui está uma maneira simples de organizá-lo e de garantir que todos os seus Ads estejam ordenados com simplicidade e eficácia. Confira agora e aprenda um pouco mais sobre esta ferramenta surpreendente:

1. Entenda o gerenciador

Gerenciador de Anúncios do Facebook, Campanha, Conjunto de Anúncios e Anúncios.

A estrutura de uma campanha publicitária do Facebook se divide em três componentes principais que precisam ser compreendidos com clareza por quem maneja a ferramenta.

Por este motivo, antes de começar a organizar o seu gerenciador, é importante entender quais são estes itens. Conheça-os agora mesmo:

– Campanha: É o conceito geral que contém um ou mais conjuntos de anúncios. Ela é a responsável por definir o objetivo traçado para esta empreitada.

– Conjuntos de anúncios: Aqui é determinado que tipo de segmentação de público-alvo será usado, além de orçamento, programação, localização geográfica, lance e outros fatores necessários para atingir o objetivo definido. Pode haver um ou mais conjuntos de anúncios dentro da campanha.

– Anúncio (Ads): Para cada conjunto de anúncios, você criará um ou mais anúncios decidindo o formato, as imagens e o texto.

2. Separe por tipo de anúncio

Ao criar uma campanha, tal qual visto anteriormente, o indivíduo terá que escolher um objetivo, como reconhecimento da marca, geração de leads, dentre outros modelos.

Diante deste cenário, é fundamental considerar a meta do anúncio e criar códigos para cada uma, facilitando a organização e todo o processo. Aqui estão alguns exemplos:

Anúncio para Visitas no Site = AVS

Anúncio para Turbinar Publicação = ATP

Anúncio para Receber Mensagens = ARM

Anúncio para Promover Página = APP

Anúncio para Promover o Estabelecimento = APE

Anúncio para Geração de Cadastros = AGC

Anúncio para Instalação do Aplicativo = AIA

Anúncio para Vendas do Catálogo = AVC

3. Faça a segmentação do público

É possível criar diferentes conjuntos de anúncios com base em seu público-alvo, entendendo quem são as pessoas que você deseja segmentar e dividindo-as por grupos para testar qual delas tem o melhor desempenho.

Para uma segmentação demográfica, é interessante ser o mais descritivo possível. Como, por exemplo:

Segmentando mulheres de 25 a 45 anos que gostam da Starbucks e moram no Rio de Janeiro = F25-45 * Starbucks * RJ

Segmentando homens com 18 anos ou mais que curtem as páginas de seus concorrentes = MF18 + * Concorrentes

Aqui, inclusive, vai uma dica importante. Não use vírgulas em suas nomenclaturas porque, se for exportar seus dados para o Excel, você poderá ter alguns problemas em seu arquivo.

4. Não se esqueça da descrição da imagem

A última seção do nome do seu anúncio deve conter uma breve descrição da imagem utilizada, o que o ajudará a diferenciá-lo de outros Ads que estão na campanha e deixará tudo mais organizado.

No entanto, aqui vai uma ressalva. É importante observar que, se todos os anúncios forem iguais neste quesito, você não precisará mencionar essa variável descritiva.

5. Considere o nome do cliente

Caso você gerencie anúncios de várias marcas ou empresas em sua conta, o indicado é que, após percorrer todas as etapas acima, você dê um toque final acrescentando o nome do cliente no início da descrição final.

Assim, ao invés da sua organização conter Tipo de anúncio_Segmentação_Imagem, agora ela irá conter Cliente_Tipo de anúncio_Segmentação_Imagem.

6. Veja como ficaria!

Diante de tudo que foi ensinado acima, pense em um cenário em que:

– O cliente seja um Pet Shop;

– O Ads seja Anúncio para Promover o Estabelecimento;

– Segmentando mulheres com mais de 50 anos que morem na Barra da Tijuca;

– A imagem seja de cachorro.

Logo, você poderá nomear da seguinte maneira: PetShop_APE_F50 + * Barra_Cachorro

O mesmo se aplicaria, por exemplo, a um Ads com as características:

– Cliente é Escolinha de Futebol;

– Anúncio para Promover Página;

– Segmentando os fãs masculinos do Flamengo na idade de 25 anos;

– A imagem seria a foto do jogador Gabigol.

Logo, sua nomenclatura para organizar seria: Escolinha_APP_M25 * Flamengo_Gabigol

Gostou da dica?

Se você gostou desta dica para a organização do seu gerenciador e de seus anúncios, conheça já outras práticas que vão potencializar seus anúncios e suas técnicas de SEO.

Com o nosso serviço de consultoria, você tem acesso às melhores técnicas do mercado. Tudo isso por um valor que cabe no seu bolso e tendo acesso às principais expertises do segmento. Entre em contato agora e saiba mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *